quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Carteira de motorista

É deprimente perceber que você não escutou o que suas amigas te falaram e esteve cega a todos aqueles sinais vermelhos escancarados na sua frente. Seguiu em frente, não parou nas faixas de pedreste e não prestou atenção nos sinais amarelos. Bateu. Quebrou a cara e se despedaçou. Mais uma vez.

Quantas vidas haverá para serem arrebatadas? Quantas vezes se permitirá tal violência? Quantas vezes o seguro pagará o prejuízo do seu carro? Quantos atropelamentos movimentarão a esquina da sua casa?

Só um pedido. Antes que eu saia de carro, meninas, não apenas me avisem. Escondam as chaves. Me dêem os restos dos tarjas pretas que carrego na bolsa e me coloquem pra dormir. Não apenas me avisem, educadamente. Gritem, me obriguem. Me impeçam de cometer uma imprudência.

Eu sei, eu ainda não tenho licença pra dirigir. Quando eu crescer, talvez eu tenha uma. Por isso eu peço carona. Não me deixem sair de carro.

4 comentários:

Carolina disse...

Arrasou! E é isso mesmo...
também estou precisando sair menos de carro, andar mais de táxi, ou de carona! Depois que a gente acha que sabe dirigir passa direto nas faixas, fura o sinal vermelho e nem liga pro amarelo... A gente fica meio daltônica, achando que tá tudo verde... acho que vou esconder a chave do carro!

marília disse...

eu escondo as chaves, eu roubo seu carro, se for preciso ;) como disse a carol, o que rola é pegar carona. Te da a possibilidade de conhecer novas pessoas, novos assuntos, novos caminhos e carros. Uma vez ou outra experimenta pegar o carro e sair pra uma volta, mas lembra que você pega carona e não da carona a todo momento.

Eu escondo as chaves ;)

isa disse...

sério mesmo???

zé disse...

eu dou carona!
eheheheh