quarta-feira, 20 de maio de 2009

ARE BABA!!!

Já perceberam como as gírias são sazonais, certo? O "iraaaaado" de hoje é o "massa" de ontem. Elas se renovam. Assim como a língua é dinâmica, os desvios da língua culta também o são. Assim, as gírias denunciam as gerações. Quando eu estranhei minha aluna dizer "to de brinks", eu denunciei o quanto sou mais velha que ela. É igualzinho quando meu professor de mátemática escreveu "Supimpa!" na prova que eu tirei 10. E assim por diante...

***
Reparem como a temporalidade das gírias está ligada às novelas. Não gente, não é a Rutinha, é a Glória Perez mesmo. Are baba, já repararam como as novelas dela mudam o linguajar do país? Eu sei, eu ando vendo novela demais, tick. Mas quem disser que não copia uma palavrinha dessas vai arder no mármore do inferno! Não é um must aquele sotaque indiano?
Eu não sou viciada, nahim! Vejo novela de vez em quando... E tenho teorias sobre, mas que rendem outro post. Agora, se quer me matar com a faca da cozinha, me deixe em casa no sábado, me dando a oportunidade de ver a novela e Zorra Total. Aí NÃO POOOOOOODE. Jesus me abana!. (Jesus ou Lorde Ganecha?)
***
Falando em novela, lembrei do filme. Segundo minha amiga Marília, "Ir ao cinema sozinha uma vez é desafiador, (...) uma prova de amor a si mesmo. Ir ao cinema sozinha duas vezes é provar que esse amor é de verdade, vai longe…" E a terceira, é o quê?
Não, não vou fazer meu quinquagésimo post-desabafo teorizando sobre a minha solidão. Vou contar do filme: Anjos e Demônios. Não, também não vou fazer uma resenha, com técnica, que é o que usualmente esperam de nós, jornalistas. Vou apenas dizer que não gostei; que o livro, que eu li pelas metades, expressa muito melhor a emoção da trama, que eu acho ótima.
***
Adorei o meu post a la Martha Medeiros, com asteriscos. rsrsrs
Só pra ver se eu volto a postar aqui e espanto a minha crise blogueira...

Eu vou, e volto! Namastê.
bjusss!!!

7 comentários:

Ana Flávia Alberton disse...

Como eu disse anteriormente, que arraso de post.

Cada vez melhor.

=*

zero disse...

Nastamê!

tão bom ver coisa nova por aqui!
não páre, anita chefe!

Carol disse...

Are baba, amiga! Não é nada ospicioso esquecer de mencionar nossa gíria-mor: BEIJOMELIGA! hahaha

Por Merlin! Um dia eu escrevo legal assim...

marília disse...

Eu só não vou ficar expondo minha figura na medina, fora isso.. hauehuaeha ir ao cinema sozinha é muito emblemático do que a fogueira dos sutiãs! kkkkkk vai treinando, amiga, vai treinando.. daqui uns dias é post semanal \o/

Amanda Vitória Guimarães disse...

Eu fui citada no seu texto!!!
Gente eu sou a tal aluna que fala to de brinks
haha. (Não pude me conter, tinha que contar que era eu)

Ahhhh um dia eu ainda vou escrever maravilhosamente como vc...

beijos
te adoro

luti disse...

Cada dia melhor!
E com o bom humor de sempre né!?
Dá até pra sentir aquele seu sorrisão no texto x)

beeeijos xuxu. Saudadona
;**

paulinho damascena disse...

Interessante, tudo que vc escreveu. Um post maravilhoso. Concordo com vc plenamente, as girias novelisticas da Glória Peres domimam a lingua portuguesa falada no Brasil. OUtra coisa Ana Paula, te digo uma coisa e dominava mais ainda as girias das novelas quando Janet Clair é a mais famosa novelista do Brasil nos anos 70 e 80; Janet foi o icone da dramaturgia surginda na televisão brasileira através das telenovelas da Globo.

Parabéns vc escreve super bem,
http://souzapc.zip.net/